if you walk out on me, i'm walking after you


bruna, 30 anos. i am i am i am.

if you walk out on me...
i'm walking after you.

links fantásticos |


21.8.12

um post para falar da rússia. por que rússia? não sei muito bem explicar, tem alguma coisa com tolstoi e anna karenina. um apelo tão forte que é difícil de entender.
a rússia tem o cheiro adocicado daqueles cigarrinhos fininhos e lá os dias não têm fim. as noites são brancas, pelo menos pra mim. as igrejas parecem um misto de bolo de festa e caixinha de música. as babushkas estão por todos os cantos pedindo esmola e tentando vender sapatinhos de camponês, parte o coração da gente.

em geral, os russos são gentis e prestativos, ainda que tenham um jeito de falar meio truculento. havíamos acabado de chegar, estávamos procurando o hostel - meio turista meio cansado - quando uma senhora que só falava russo nos parou, pegou o papel da nossa mão e nos ajudou a achar o endereço, mesmo sem ninguém se entender direito. naquela hora me senti em casa e nada poderia me abalar. não foi a única vez que um russo nos ajudou gratuitamente e por vontade própria, se não fosse por uma moça russa não conseguiríamos comprar a passagem do trem e sem o casal de russos no trem teríamos jantado sei-lá o quê. e quando a linguagem é uma barreira, o povo se reinventa, faz mímica, arrisca um inglês e quando não tem mais jeito ele abre o google translate e pronto. menos os funcionários públicos, ele ainda trabalham num ritmo soviético, aliás o serviço público no geral funciona no ritmo soviético. a organização impera! no espaço, na forma, na execução das tarefas, na limpeza, no metrô... a organização impera, chega ser até meio opressor. os corredores das estações são divididos ao meio, você deve andar sempre à direita e se houverem duas escadas, uma é para subir e outra para descer, não ouse ser transgressor e descer pelo lado errado, você pode ser pisoteado.

todo mundo tem uma opinião sobre o grupo pussy riot, e qualquer que seja a sua, saiba que elas têm motivo. existe uma força opressora que opera e pesa nas costas de quem quer quer seja, se você sair fora da linha já era. um carro de polícia surge do nada em alta velocidade e se encarrega do recado. por várias vezes tive medo. não sei explicar, parece que eles lutam para esquecer de um regime enquanto observam outro regime começar.

na rússia tem de tudo: tolstoi, dostoiesvky e gorki. tem carros importados em alta velocidade, cidades que são cortadas por canais, metrôs interligados à bunkers, capitalismo exacerbado. tem o mausoléu do lênin na frente do gum, que hoje vende somente marcas caríssimas e exclusivas. tem uma legião de turistas chineses. tem o palácio mais lindo do mundo. tem catarina, lênin e putin. tudo junto.


























Labels: , , , ,

bruna | 23:05 | 2 comentários